Banca espera crescer com reforma na CLT

Publicado em 05/02/2018 às 11h43

FONTE: DCI

Banca espera crescer com reforma na CLT

Focado em propriedade intelectual, tecnologia e direito trabalhista, Có Crivelli Advogados vê mais demanda em ano de retomada, aliado à grande mudança legislativa 

RICARDO BOMFIM
SÃO PAULO

05.02.18 12:00 AM

Os sócios do escritório reunidos: mais advogados serão contratados
Os sócios do escritório reunidos: mais advogados serão contratados
FOTO: 

A recuperação econômica no Brasil hoje tem a singularidade de ocorrer em um período de transformação no direito trabalhista. É no atendimento a empresários com dúvidas sobre as novas regras que o Có Crivelli Advogados espera crescer em 2018.

Segundo a sócia-fundadora do escritório, Ivana Có Galdino Crivelli, houve um aumento substancial na consultoria às empresas por conta da reforma trabalhista, inclusive no direito coletivo do trabalho, importante para as negociações entre os empregadores e o sindicato. “Acabaremos precisando de mais pessoas. Estamos buscando dois advogados no mercado nesse começo de ano. Vai ser um período de mais oportunidades, porque o empresariado está fazendo o dever de casa e o Brasil está caminhando”, afirma.

Para a advogada, é importante saber aplicar as mudanças promovidas na Consolidação das Leis do Trabalho (CLT) de uma maneira segura, livre de riscos de problemas judiciais. “Em um País continental, nós mapeamos as decisões, esperando as sentenças que virão do [Tribunal Superior do Trabalho] TST. É um momento muito importante porque é um começo de ano com uma legislação nova sendo aplicada”, acrescenta.

Desde 2012 atendendo a demandas na área trabalhista, o Có Crivelli surgiu em 2002, quando ainda se chamava Crivelli Carvalho Advogados Associados. Na época, o foco era exclusivo na assessoria em propriedade intelectual para o setor de entretenimento. “Nós atendíamos no segmento audiovisual, porque foi onde eu me especializei. Nosso subtítulo era ‘consultoria autoral em entretenimento e arte’”, conta.

Apesar do nicho, o tipo de trabalho realizado por Ivana e seu antigo sócio sempre foi marcado pela abordagem empresarial. “Uma obra complexa como uma criação autoral televisiva é muito complexa no direito trabalhista e no direito de imagem”, explica.

Em decorrência dessa atuação, o Có Crivelli Advogados começou a expandir sua especialidades até criar um núcleo baseado em trabalhista, propriedade intelectual e tecnologia, desenvolvendo projetos em outros ramos de acordo com as necessidades do cliente. “Não é comum ter áreas fortes nesses três ramos. Normalmente, nos escritórios full service, o trabalhista é uma área menor. Nosso foco no trabalhista permite que trabalhemos com clientes grandes.”

Quando foi criada, a banca tinha dois sócios, um estagiário e uma secretária. Hoje, 16 anos depois, o escritório já conta com seis sócios, quinze advogados e 30 outros colaboradores entre paralegais, recursos humanos, gestores e outros profissionais do chamado back office – administrativo.

Com a chegada dos advogados trabalhistas, Ivana comenta que começou a ter clientes entre farmacêuticas, auditorias, companhias elétricas e metalúrgicas. “Quando não é preventivo, começam a surgir uma série de interfaces”, destaca a sócia-fundadora.

Desafios

No momento atual, a advogada aponta que está surgindo o interesse por novos negócios, com muitas startups buscando inovação em modelos disruptivos, além do incremento das empresas que usam a tecnologia na produção de games, nanotecnologia e inteligência artificial. “São muitos ramos em que é essencial trabalhar na parte de propriedade intelectual”, defende ela.

Ivana lembra que o escritório possui clientes internacionais que buscam muito serviços relacionados ao registro de marcas no Brasil. Nesse momento de crescimento, essa demanda deve aumentar. 

https://www.dci.com.br/legislacao/banca-espera-crescer-com-reforma-na-clt-1.681647

voltar para Notícias

left show fwR tsN bsd b02s|left tsN show fwB bsd b02s|left show tsN fwB normalcase|bnull||image-wrap|news fwB fwR normalcase tsN|fwR normalcase tsN fsN|b01 c05 bsd|login news fwR normalcase tsN|fwR normalcase tsN c15 bsd b01|normalcase tsN|content-inner||