CEF terá que devolver dinheiro que descontou de funcionários em greve

Publicado em 11/11/2017 às 11h36

FONTE: O IMPARCIAL

11/11/2017

CEF terá que devolver dinheiro que descontou de funcionários em greve

A justiça de Araraquara determinou multa de R$ 10 mil por funcionário, caso determinação não seja cumprida 

A Caixa tem 30 dias para devolver os valores aos funcionários

A Justiça condenou nessa sexta-feira (10), a Caixa Econômica Federal a devolver o dinheiro que descontou dos funcionários que participaram da greve geral ocorrida em 28 de abril em protesto contra as reformas trabalhista e da Previdência. A decisão foi tomada pelo juiz da 3ª Vara do Trabalho de Araraquara, a partir de ação movida pelo Sindicato dos Bancários de Araraquara.

De acordo com o advogado Vitor Monaquezi Fernandes, do escritório Crivelli Advogados, que representou o sindicato na ação coletiva, o juiz João Baptista Cilli Filho concordou com os argumentos apresentados pela entidade. “O desconto do dia de trabalho foi totalmente ilegal, uma vez que a participação de funcionários em uma greve geral é um exercício regular de um direito constitucionalmente garantido”, destacou.

O banco alegou que a greve era política e, por isso, descontou o dia de trabalho e o descanso semanal remunerado de todos os funcionários que aderiram ao movimento.

O juiz de Araraquara determinou que a CEF devolva em até 30 dias os valores descontados de todos os trabalhadores sob pena de multa de R$ 10.000,00 por trabalhador.

http://www.jornaloimparcial.com.br/2016/noticias/cef-tera-que-devolver-dinheiro-que-descontou-de-funcionarios-em-greve 

voltar para Notícias

left show fwR tsN bsd b02s|left tsN show fwB bsd b02s|left show tsN fwB normalcase|bnull||image-wrap|news fwB fwR normalcase tsN|fwR normalcase tsN fsN|b01 c05 bsd|login news fwR normalcase tsN|fwR normalcase tsN c15 bsd b01|normalcase tsN|content-inner||