Dar entrada no INSS no pedido de aposentadoria requer paciência

Publicado em 20/09/2016 às 22h39

FONTE: JORNAL NACIONAL - TV GLOBO

Dar entrada no INSS no pedido de aposentadoria requer paciência

Pedidos crescem e agendar uma data pode levar até três meses.
INSS diz que demora ainda é reflexo do longo período de greves.

 

Link para o vídeo: https://globoplay.globo.com/v/5320171/ 

A proposta de mudança nas regras da Previdência tem levado muita gente às agências do INSS para agendar a aposentadoria, mas a espera é longa. 

Difícil achar espaço na carteira de trabalho da dona Maria das Graças. Ela contribuiu 30 anos para a Previdência e já pode se aposentar. Estava toda animada. Ligou em junho para o INSS para dar entrada na papelada e aí veio a decepção: ainda vai demorar um pouco. 

“Quando liguei falaram que só tinha vaga para dezembro, 13 de dezembro, que eu poderia ligar mais uma vez para ver se eu conseguia uma data antes, mas eu não consegui não. Para mim seriam um, dois meses, e ia resolver”, disse a auxiliar de limpeza Maria das Graças. 

Está demorando mesmo para pedir aposentadoria. Os advogados do Sindicato Nacional dos Aposentados só estão conseguindo data para 2017, e a procura é enorme.

“Nós dobramos o número de pessoas que trazem para nós os documentos para analisarmos se elas têm ou não direito à aposentadoria. Então, assim, aumentou bastante”, explicou Tônia Galetti, do Sindicato Nacional dos Aposentados. 

Pelas regras de hoje, para chegar até a aposentadoria o trabalhador precisa de tempo de contribuição. E quanto mais idade tem, mais perto fica do benefício integral a que tem direito. Essas regras podem mudar com a reforma da Previdência. Ninguém sabe ainda o que virá pela frente, mas o medo é que fique mais longo e demorado o caminho até a aposentadoria. 

De dezembro para cá, o número de pedidos de aposentadorias no estado de São Paulo tem crescido. Foram pouco mais de 31 mil em dezembro e mais de 61 mil pedidos em agosto.

A advogada especialista em direito previdenciário Sara Quental diz que vale a data do agendamento para se aposentar pelas regras atuais. 

“Uma proposta de uma idade mínima, seja para homem ou mulher, gera uma insegurança no segurado, principalmente naquela pessoa que está em vias de se aposentar. Então, ela tem este receio, ela já prefere dar entrada na aposentadoria hoje”, explicou Sara Quental

O INSS diz que a demora ainda é reflexo do longo período de greves, e que tem se esforçado para normalizar o atendimento. 

No estado de São Paulo, o tempo médio de espera para pedir a aposentadoria por idade está em 89 dias em setembro. No país, 67 dias. Mas, em Salvador, por exemplo, a dona Dôra esperou quase cinco meses.

“É demorado. Se a pessoa não se organiza para fazer o agendamento não consegue fácil”, disse a aposentada Dôra Esteves. 

O INSS afirma que o tempo de espera para pedir aposentadoria tem diminuído, mas que, em alguns lugares, a procura ainda é maior do que a capacidade de atendimento. 

http://g1.globo.com/jornal-nacional/noticia/2016/09/dar-entrada-no-inss-no-pedido-de-aposentadoria-requer-paciencia.html

voltar para Notícias

left show fwR tsN bsd b02s|left tsN show fwB bsd b02s|left show tsN fwB normalcase|bnull||image-wrap|news fwB fwR normalcase tsN|fwR normalcase tsN fsN|b01 c05 bsd|login news fwR normalcase tsN|fwR normalcase tsN c15 bsd b01|normalcase tsN|content-inner||