Marido de socialite morta em incêndio será julgado por abandono de incapaz

Publicado em 08/06/2018 às 16h08

FONTE: VEJA SP

Liliane Chieppe sofria de depressão; Claudio Carvalho Pitanga continua no imóvel

Em 23 de maio, o juiz Fábio Soares, da 17ª Vara Criminal, recebeu denúncia do Ministério Público contra Claudio Carvalho Pitanga. Marido de Liliane Chieppe, herdeira do Grupo Águia Branca, conglomerado de transportes, ele será julgado por abandono de incapaz. Há um ano, Liliane morreu em um incêndio no apartamento em que o casal vivia, nos Jardins. Ela sofria de depressão.

“As provas do inquérito policial deixam claro que a morte da vítima foi resultado de omissões dolosas por parte de Claudio Pitanga. Na instrução penal, será possível verificar se o dolo foi ou não o de matar Liliane”, diz o advogado Daniel Burg, contratado pela família de Liliane.

Pitanga continua no imóvel e deve mais de 50 000 reais de condomínio e IPTU. Procurado, não quis se pronunciar.

https://vejasp.abril.com.br/blog/terraco-paulistano/julgamento-abandono-claudio-carvalho-grupo-aguia-branca/ 

voltar para Notícias

left show fwR tsN bsd b02s|left tsN show fwB bsd b02s|left show tsN fwB normalcase|bnull||image-wrap|news fwB fwR normalcase tsN|fwR normalcase tsN fsN|b01 c05 bsd|login news fwR normalcase tsN|fwR normalcase tsN c15 bsd b01|normalcase tsN|content-inner||