Promotora que investiga candidatas laranjas em SP teme que haja menos punição

Publicado em 26/02/2019 às 13h24

FONTE: CBN

Promotora que investiga candidatas laranjas em SP teme que haja menos punição

Vera Taberti, que investiga candidaturas de mulheres identificadas como laranjas, teme que a interpretação dada pela Justiça Eleitoral impeça a cassação de mandatos de políticos eleitos por partidos envolvidos com a prática ilegal. Cerca de 60 mulheres teriam sido usadas para cumprimento da cota feminina sem receber um único centavo da verba pública também destinada a elas. O dinheiro, na verdade, foi parar nas campanhas que realmente interessavam aos partidos.

O advogado Cristiano Vilela, que defende o Solidariedade, foi ouvido para comentar o caso.

Vera Taubert, promotora de Justiça do Ministério Público do Estado de São Paulo. Foto: Ascom/PRR3 (Crédito: )

Vera Taubert, promotora de Justiça do Ministério Público do Estado de São Paulo. Foto: Ascom/PRR3

http://cbn.globoradio.globo.com/media/audio/248405/promotora-que-investiga-candidatas-laranjas-em-sp-.htm 

voltar para Notícias

left show fwR tsN bsd b02s|left tsN show fwB bsd b02s|left show tsN fwB normalcase|bnull||image-wrap|news fwB fwR normalcase tsN|fwR normalcase tsN fsN|b01 c05 bsd|login news fwR normalcase tsN|fwR normalcase tsN c15 bsd b01|normalcase tsN|content-inner||