Escritório de advocacia cria plataforma online que facilita acordos judiciais

Publicado em 20/09/2017 às 18h42

Acordos judiciais para evitar longos processos que se arrastam por anos é, geralmente, a melhor alternativa para conflitos envolvendo empresas e consumidores. Afinal de contas, nenhuma empresa quer ver sua imagem afetada junto ao seu público. Só que até que as partes cheguem a esse acordo há um caminho nem sempre muito simples. Pensando nisso, o escritório Viseu Advogados, em parceria com a empresa de tecnologia “ResolvJá” (especialista em soluções da chamada LawTech), desenvolveu uma plataforma online de acordos batizada de “Melhor Acordo”. O objetivo é de facilitar e agilizar o encerramento de demandas ajuizadas contra as empresas, inclusive com redução de custos. 

O modelo da plataforma é relativamente simples: o consumidor que está com ação na Justiça contra determinada empresa recebe um contato via e-mail ou SMS no qual a empresa propõe acordo para solucionar o conflito. Havendo interesse, o consumidor é convidado a acessar um link onde poderá visualizar as propostas formatadas para o seu caso específico. Se ele aceitar uma das propostas que lhe são oferecidas, é gerado um documento para formalizar o acordo. Se ele não concordar, poderá ainda fazer uma contraproposta e será informado por e-mail ou SMS da evolução de seu caso. 

“Tudo foi planejado para tornar as coisas mais fáceis e ágeis, evitando maior desgaste entre empresa e consumidor, inclusive no curso de ações judiciais, audiências e tratativas de acordos”, destaca o advogado Gustavo Viseu, sócio do escritório. 

Ele explica que o sistema é totalmente customizável, aceitando todos os parâmetros possíveis para celebração de um acordo, levando em conta casos similares e as soluções possíveis. Tudo é feito na tela do computador ou pelo smartphone. 

Na fase de testes, que envolveu empresas de diversos setores como seguradoras, companhias aéreas, empresas de e-commerce e agências de turismo, o “Melhor Acordo” celebrou acordos em 52% dos casos acessados, gerando um benefício econômico de 45% para as empresas, quando analisados os valores envolvidos na ação. 

“As vantagens são para ambas as partes. Para o consumidor, porque não tem de ficar se deslocando, gastando horas em audiências para resolver seu problema. E para as empresas porque os custos são muitos menores, pois os acordos reduzem o tempo das ações, podendo ser celebrados antes mesmo das audiências judiciais. E quanto antes um acordo é firmado, menor seu custo”, destaca Viseu. “Além disso, torna a empresa menos contenciosa, fidelizando seu cliente”, complementa.  

voltar para Pautas

left show fwR tsN bsd b02s|left tsN show fwB bsd b02s|left show tsN fwB normalcase|bnull||image-wrap|news fwB fwR normalcase tsN|fwR normalcase tsN fsN|b01 c05 bsd|login news fwR normalcase tsN|fwR normalcase tsN c15 bsd b01|normalcase tsN|content-inner||